Comunidade de Bom Juá participa de simulado

Simulado de Evacuação CODESAL Bom Juá_Foto_Jefferson Peixoto_Secom_Pms

A comunidade do Bom Juá, em São Caetano, se manteve alerta na noite de quinta-feira (23/11) quando os moradores participaram de um simulado noturno de evacuação promovido pela Defesa Civil (Codesal) em parceria com outras autarquias, a exemplo da Secretaria de Promoção Social e Combate a Pobreza (Semps), Guarda Civil Municipal (GCM), Superintendência de Trânsito (Transalvador), Secretaria de Educação (Smed) e Secretaria de Saúde (SMS). A atividade é a terceira realizada pela Codesal no período noturno.

A ação teve início às 19h com a mobilização de quatro equipes da Codesal, que circularam em rotas específicas suscetíveis a desastres naturais, após acionamento da sirene de alerta, convocando os moradores a saírem de suas casas e seguirem até a Escola Municipal Antônio Carlos Magalhães, ponto escolhido como apoio aos moradores na localidade.

Morando no Bom Juá apenas há 20 dias, Leandro Santos, que veio do interior do Estado, participou da atividade para saber de que forma pode se proteger e orientar a família em caso de deslizamentos. “Achei muito bom porque a gente fica sabendo o local certo onde pode procurar abrigo e com quem podemos ter ajuda”, explicou.

“Essa ação é o desdobramento de um trabalho que a Codesal já vem realizando. Nosso objetivo com o simulado é mostrar à população como se comportar num episódio de risco, seja de alagamento ou  deslizamento de terra, embora essa área já tenha recebido uma proteção com geomanta”, afirmou o diretor geral da Defesa Civil, Sosthenes Macêdo. Ele acrescentou que Salvador conta com 70 geomantas aplicadas.

Foram mobilizados para a realização da ação cem servidores da Prefeitura e 238 famílias. Apenas no Bom Juá, existem 44 moradores voluntários cadastrados, ou seja, que passaram por capacitação junto à Codesal e estão aptos a auxiliar a comunidade quando existir risco eminente de desabamentos na região.

Voluntários de Maria Amaral são certificados pela Codesal

Prevenção. Esta é a palavra-chave do projeto de capacitação da Defesa Civil de Salvador (Codesal) destinado a formar os Núcleos Comunitários de Proteção e Defesa Civil (Nupdecs) focados na redução de risco em áreas de encosta.

Foi com esse objetivo que 95 novos voluntários da comunidade Maria Amaral (Alto do Cabrito) receberam nesta terça-feira (14/11) os certificados de conclusão do Nupdec com o compromisso de fazer uma rede de proteção em suas áreas toda vez que se fizer necessário.

A assistente social, Nádia Rangel, que atuou como facilitadora das atividades, elogiou a participação do grupo e acentuou ser fundamental a união e o protagonismo dos moradores que devem estar comprometidos com a redução de riscos.

O Nupdec visa integrar o sistema de Defesa Civil à comunidade e aos órgãos públicos de modo a assegurar uma ação conjunta de toda a sociedade na prevenção e redução de desastres. Os módulos abordam temas sobre defesa civil, percepção de risco e primeiro socorros.

Segue o passo

Na certificação, o diretor da Codesal, Sosthenes Macedo, lembrou que a Codesal, atendendo a orientação do prefeito ACM Neto, “segue o passo no sentido de que a rua é o melhor gabinete para se conhecer cada canto de Salvador e tomar as medidas que a população demanda”.

A subcoordenadora de Ações Educativas e Comunitárias, Kelly Morais, elogiou o comprometimento dos participantes, que se mantiveram presentes e atuantes durante as atividades de formação do Nupdec. “Precisamos da participação de vocês para fazer valer as ações preventivas propostas”.

O subprefeito da Cidade Baixa, Claudio Condurú, elogiou o trabalho dos técnicos da Defesa Civil,  classificando-os de “guerreiros da Codesal” e ressaltou a “assiduidade e compromisso da comunidade que se fez presente ao longo das duas semanas de capacitação”.

O diretor-presidente da Companhia de Governança Eletrônica de Salvador (Cogel), o vereador Alberto Braga, destacou como elogiável o empenho da Codesal que desenvolve um trabalho de “salvar vidas”.

Estiveram presentes ao evento, o diretor geral da Codesal, Sosthenes Macêdo, o subprefeito da Cidade Baixa, Claudio Conduru, o diretor-presidente da Companhia de Governança Eletrônica de Salvador (Cogel), o vereador Alberto Braga, a gestora da Escola Municipal Padre Noberto, Aline Rocha, a coordenadora de Ações Preventivas e Redução de Riscos, Gabriela Morais, a subcoordenadora de Ações Educativas e Comunitárias, Kelly Morais, técnicos da Codesal, lideranças comunitárias e outros gestores municipais.

Morando no Alto do Cabrito há 30 anos, a idosa Antonieta da Paz, serviu de exemplo entre os participantes por ter demonstrado muito interesse no decorrer dos módulos, como destacou Nádia Rangel. Ao comentar o que achou o curso, ela disse: “estou aqui para aprender, pois sempre tem coisas interessantes sendo ensinadas”.

Memória da Defesa Civil de Salvador – Certificação Novo Horizonte

Entre os vídeos produzidos para serem apresentados nas certificações de voluntários dos Núcleos Comunitários de Proteção e Defesa Civil (NUPDECs) destacamos  o da comunidade de Novo Horizonte, no bairro do Pau da Lima, realizada em 05/10/2017. Cento e onze moradores  foram certificados como voluntários do  Nupdec, em evento realizado na Escola Municipal Novo Horizonte. Esses vídeos têm tido ampla aceitação dos participantes que se sentem recompensados e valorizados como protagonistas das ações da Defesa Civil.

 

Escola municipal aborda cidadania e meio ambiente durante Feira de Ciências

Matemática, cidadania e meio ambiente foram alguns dos temas expostos na Feira de Ciências, realizada dias 26 e 27 de outubro na Escola Municipal Fazenda Coutos, localizada no bairro de mesmo nome, Subúrbio Ferroviário. O evento, que contou com o apoio da Codesal, contou com a participação dos 983 alunos de 32 turmas da instituição e da comunidade em geral.

A atividade foi realizada de forma dinâmica, envolvendo os estudantes, principalmente das 6ª e 9ª séries, e teve o uso de recursos pedagógicos como cartolina, maquetes, jogos e brinquedos.

Coordenadora pedagógica, Rita de Cássia Borges do Sacramento

Segundo a coordenadora pedagógica, Rita de Cássia Borges do Sacramento, a atividade abordou os temas propostos de forma transversal, envolvendo todas disciplinas, inclusive saúde, com o estande que apresentou o tema “Alimentação Saudável”.

A coordenadora elogiou ainda a atuação da Codesal na comunidade ao levar a capacitação do Plano de Defesa Civil nas Escolas (PDCE) àquela unidade escolar e trabalhar com seus engenheiros no mapeamento das áreas de risco do bairro.

“A Feira Ciências procura despertar no estudante a compreensão sobre a importância de conservar o meio ambiente e sobre o conhecimento científico”, explicou.

“O objetivo da atividade é trazer a comunidade para dentro da escola e mostrar o que os alunos aprenderam e a importância da escola”, acrescentou a educadora.

Diretora da Escola Fazenda Coutos, Daniela Horácio

“É uma grande oportunidade de aprendizado para alunos e professores”, resumiu a diretora Daniela Horácio.

Ao lado da aluna Maiana Borges Ferreira, que apresentava um estande sobre meio ambiente e matemática, a professora Leda de Jesus explicou que “através do cordel se aprende matemática”, ao falar de um cartaz que trazia ensinamentos “Cordelizados” sobre a disciplina.

A aluna Maiana Borges Ferreira explica o uso do cordel para ensinar matemática

Bombeiros ensinam primeiros socorros em Padre Ugo


No quarto dia (26/10)  de capacitação na comunidade de Padre Ugo (Canabrava) integrantes do Corpo de Bombeiros apresentaram noções de primeiros socorros, com exercícios práticos. A atividade integra  módulo do curso de formação do Núcleo Comunitário de Proteção e Defesa Civil (Nupdec). A iniciativa faz parte do programa de ações sociais e educativas da Defesa Civil de Salvador (Codesal) em áreas de risco da capital baiana.

Voluntários da comunidade de Rosalvo Silva são certificados pela Codesal

A Defesa Civil de Salvador (Codesal) certificou na tarde de quinta-feira (25/10) cento e oito moradores de Rosalvo Silva (São Marcos)  como voluntários do programa Núcleo Comunitário de Proteção e Defesa Civil (Nupdec). O evento foi realizado na Creche Pré-escola Primeiro Passo.

O projeto de formação de Nupdecs tem como um dos objetivos melhorar a percepção dos fatores de riscos presentes nas áreas de encostas e vales, informando e capacitando a população, para contribuir com a redução das ocorrências de desastres e suas consequências. As atividades de capacitação foram conduzidas pela assistente social Nádia Rangel.

Estiveram presentes à solenidade, o chefe de Gabinete do Prefeito, João Roma, o secretário de Cidade Sustentável, André Fraga, o diretor da Codesal, Sosthenes Macedo, o subprefeito do bairro de Pau da Lima, Jean Sacramento, técnicos da Codesal, lideranças comunitárias e outros gestores municipais.

O  diretor da Codesal destacou que “quando se fala em Defesa Civil devemos pensar em prevenção e nos resultados positivos do trabalho realizado para a formação dos Nupdecs nas comunidades”.

A subcoordenadora de Ações Comunitárias e Educativas, Kelly Morais, ressaltou que a capacitação é focada  “na prevenção de modo a permitir que a comunidade saiba como agir no momento certo”.

Morador da região há 15 anos, José Antônio Santos, disse que antes do curso “pensava que a Codesal atendia apenas na hora de acidentes provocados pela chuva. Agora sei que realiza um bonito trabalho no campo da prevenção. Muito bom”.

Vilma Maria Pereira, que mora na comunidade de Rosalvo Silva há 20 anos, disse que o curso foi proveitoso. “Aprendi muita coisa, inclusive a ficar atenta aos riscos e a prestar primeiros socorros”.

Capacitação para Nupdec é iniciada em Padre Ugo

 

Até o próximo dia 30/10, a comunidade de Padre Ugo, em Canabrava, participa da capacitação para a formação de mais um Núcleo Comunitário de Proteção e Defesa Civil (Nupdec).

A atividade, coordenada pela assistente social da Defesa Civil de Salvador (Codesal), Eliene Bitar,  teve início nesta segunda-feira (23/10) e contou com  participação expressiva de moradores.

O objetivo da capacitação  é ampliar a percepção de risco na comunidade e ensinar os moradores a como agir em casos de chuva forte.

Os encontros estão divididos em módulos, permitindo  aos participantes aprenderem sobre o funcionamento da defesa civil,  órgãos parceiros,   percepção de risco, além de noções sobre primeiros socorros.

Cajazeiras VIII tem ação social da Codesal

Equipe da Defesa Civil de Salvador (Codesal) participou na manhã de sábado (21/10) da ação social Outubro Rosa na comunidade de Cajazeiras VIII. A iniciativa da atividade partiu das lideranças comunitárias Nilma Santos e a filha Carine. Outubro Rosa é um movimento que ocorre internacionalmente durante todo o mês de outubro. Ele tem como objetivo principal ressaltar a necessidade da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama.