em Área de risco, Codesal, Meio Ambiente

Geomanta dará mais segurança a moradores da Baixinha de Santo Antônio

A doméstica Fabiana Santos, de 31 anos, era só alegria na manhã da última terça-feira, 21/03. Há quatro anos vivendo na localidade da Baixinha de Santo Antônio, em São Gonçalo do Retiro, ela mora com o marido e três dos quatro filhos em uma pequena casa no alto de uma encosta, na Rua Santa Georgina.

Foi nesse local que o prefeito ACM Neto, acompanhado do diretor-geral da Defesa Civil de Salvador (Codesal), Gustavo Ferraz, e demais secretários e autoridades, entregou a geomanta de 2.165 m de extensão. A ação é parte integrante da programação pelo aniversário de 468 anos de Salvador, a serem completados no próximo dia 29.

Antiga reivindicação da comunidade, a cobertura da encosta deixou a área mais segura, principalmente no período das chuvas. “Era um sofrimento, minha irmã. Isso aqui era cheio de lixo, cachorro morto, tudo o que é tipo de coisa ruim botavam aqui. Com essa obra agora melhorou bastante. Meus filhos agora podem brincar porque, antes, fazia medo. Agora só temos que agradecer e cuidar para ter isso para o resto da vida”, afirmou Fabiana.

Com investimento de aproximadamente R$340 mil, a aplicação da geomanta na encosta da localidade foi coordenada pela Codesal. Utilizada na cidade desde 2016, a tecnologia consiste na proteção das encostas através do revestimento composto de PVC e geotêxtil, com cobertura de proteção mecânica executada em chapisco jateado de cimento, areia e aditivos, para a prevenção de erosão.

Além desta, a Prefeitura entregará geomantas em mais 33 localidades da cidade até abril. Dentre os locais beneficiados estão Novo Horizonte, Brongo (IAPI), Arraial do Retiro, Calabetão, Paripe, Boa Vista de São Caetano, Plataforma e Pirajá.

Fonte: Secom PMS